Arquivo da categoria: Como Escolher uma Profissão

Como Escolher uma Profissão: Devo Fazer uma Graduação Só pelo Salário?

Quando o estudante está fazendo o ensino médio, surge aquela pergunta crucial: como escolher uma profissão que me dê segurança e me satisfaça? Mesmo para quem já está no mercado de trabalho, essa pergunta acaba sendo inevitável, especialmente se a pessoa está pensando em fazer uma faculdade logo na sequência.

Nesse momento, o que todos querem é acertar no curso de graduação. Mas, afinal, essa decisão deverá ser baseada na profissão que oferece o maior salário ou naquela que deixa a pessoa realizada e feliz? Neste artigo, você vai conferir um passo a passo para escolher entre os cursos de graduação do mercado observando as profissões que estão em alta e aprenderá como fazer um teste vocacional.

Teste vocacional: o papel dele na sua decisão de como escolher uma profissão

Você já parou para refletir sobre quais são suas aptidões, seus gostos, as disciplinas do ensino médio das quais você mais gostou ou está gostando (no caso de você ainda estar nessa fase)? Pois saiba que esse caminho de autoconhecimento será fundamental para que você consiga tomar uma decisão madura sobre seu futuro profissional.

Uma via segura de como escolher uma profissão será procurar uma orientação vocacional. Algumas faculdades, inclusive, oferecem esse serviço gratuitamente. Um outro caminho será procurar por um psicólogo especializado nessa área profissional.  

Será importante, nesse momento, que você procure ajuda através das informações trazidas por um teste vocacional. Claro que ele não será um fator decisivo no seu processo de como escolher uma profissão, mas servirá como um ingrediente a mais na sua busca pelo sucesso que seu futuro profissional poderá lhe oferecer.

O teste vocacional é recomendado tanto para estudantes do ensino médio que desejam fazer o vestibular quanto para aqueles universitários que andam decepcionados com o curso que escolheram. Se você deseja fazer um teste vocacional, vale conferir mais detalhes sobre ele neste post da Faculdade Estácio.  

Como escolher uma profissão: faça uma lista com opções que despertam o seu interesse

Depois de passar por uma ferramenta que irá ajudá-lo no seu autoconhecimento, como é o caso do teste vocacional, a fase seguinte será listar profissões e/ou áreas do conhecimento que sejam do seu interesse.

Entre as várias profissões que você listou, veja o que cada uma delas oferece, procure identificar qual seria a sua possível atuação imediata no mercado de trabalho, qual o salário correspondente e os desafios e benefícios daquela área. Tente também relacionar os pontos positivos e negativos que você identificar em cada uma das profissões da sua lista.

Perceba, nesse momento, se tem algum aspecto da sua personalidade – daqueles pontos que o teste vocacional ressaltou – que esteja próximo da profissão ou da área que você listou e que seria do seu interesse.

Nessa fase, pesquise na internet os cursos em alta, visite feiras de profissões e converse com profissionais já formados e que atuam no mercado de trabalho na carreira que você pretende seguir. Todas essas informações vão ajudá-lo a escolher uma profissão.

Vale comentar que, atualmente, existem mais de 250 profissões no mercado de trabalho. Com toda essa gama de oferta, o processo de como escolher uma profissão não é tão simples. Por isso, é necessário seguir esses passos para que você consiga tomar uma decisão madura e acertada. E no caso de você mudar de ideia depois de começar a faculdade, o que sempre pode acontecer, você já terá mapeadas outras opções que poderão lhe trazer maior satisfação.

Profissões em alta em 2019 e nos anos seguintes

Um levantamento feito pela consultoria de recrutamento e seleção Robert Half e publicado no site UOL revelou as áreas, os cargos e os salários das profissões que estarão em alta em 2019. Essas carreiras demonstram algumas tendências do mercado que deverão perdurar por alguns anos ainda.

Confira o resultado da pesquisa que mostra as áreas e os cargos em alta no mercado em 2019:

1. Recursos Humanos

Cargo em alta: gerente de RH generalista

Faixa salarial: de R$ 11,5 mil a R$ 26 mil

2. Finanças e Contabilidade

Cargos em alta: analista contábil/fiscal sênior e gerente contábil/fiscal

Faixa salarial: de R$ 6.000 a R$ 10 mil (analista contábil/fiscal sênior) e de R$ 10,5 mil a R$ 26 mil (gerente contábil/fiscal)

3. Tecnologia

Cargo em alta: gerente de TI generalista

Faixa salarial: de R$ 14 mil a R$ 25 mil

4. Jurídico

Cargo em alta: gerente jurídico

Faixa salarial: de R$ 12 mil a R$ 25 mil

5. Seguros

Cargo em alta: gerente comercial

Faixa salarial: de R$ 9.500 a R$ 19,5 mil

6. Mercado Financeiro

Cargo em alta: analista de compliance (normas da empresa)

Faixa salarial: de R$ 6.600 a R$ 15,5 mil

7. Engenharia

Cargo em alta: comprador, responsável por negociar com os fornecedores da empresa para baratear os custos de um projeto, por exemplo

Faixa salarial: de R$ 5.100 a R$ 13,5 mil

8. Vendas e Marketing

Cargo em alta: analista de marketing/comunicação

Faixa salarial: de R$ 3.600 a R$ 7.500

Como escolher uma profissão: carreiras promissoras no futuro

Além das profissões em alta em 2019, vale ficar atento a outras carreiras que são consideradas promissoras para o futuro a médio e longo prazos.

Segundo a pesquisa “Carreiras do Futuro”, realizada pelo Programa de Estudos do Futuro (Profuturo), da Fundação Instituto de Administração (FIA), de São Paulo, as profissões em alta para os próximos dez anos estão ligadas às seguintes áreas:

– Infraestrutura;

– Sustentabilidade;

– Recursos Humanos;

– Saúde e Qualidade de Vida;

– Tecnologia da Informação (TI);

– Direito;

– Marketing e Vendas.

Para o ano de 2020, os especialistas projetam que as seguintes profissões estarão em destaque:

– Engenheiro de Petróleo;

– Técnico de Sistemas de Informação;

– Supervisor em Produção de Transformação de Plástico na Indústria;

– Engenheiro de Mobilidade;

– Técnico em Mecatrônica;

– Engenheiro Sanitário;

– Engenheiro Ambiental;

– Desenhista Técnico em Eletrônica, Eletricidade e Eletromecânica;

– Profissional de Big Data;

– Profissional de Tecnologia da Informação;

– Engenheiro com foco em Agronegócio;

– Gestor de Resíduos;

– Designer de Inovação;

– Biotecnologista.

Se a sua intenção é fazer carreira na área de produção, saiba que, no mínimo, você deverá investir em um curso técnico. Já se você pretende trabalhar na área da gestão, o nível superior será essencial para os seus planos. Agora, se sua meta é ocupar postos de diretoria e gerência, prepare-se para investir em uma pós-graduação.

Quais profissões pagam os melhores salários?

Quem não quer ter uma profissão com um salário digno para sustentar a família e que proporcione, ainda, qualidade de vida e segurança para agora e para quando a velhice chegar? Todos, é claro. E se você puder aliar os seus gostos pessoais e aptidões com uma profissão que paga os melhores salários, por que não?

Depois de seguir aqueles passos envolvendo o autoconhecimento, a procura de profissões que tenham a ver com você e de carreiras que estão em alta, chegou a hora de conhecer as 10 profissões mais bem pagas do Brasil. Essa lista foi elaborada com base em um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) realizado em 2018 e divulgado pelo site Guia da Carreira.

Confira as 10 profissões com os melhores salários no Brasil segundo o Ipea:

1. Medicina: segue sendo a área com os salários mais altos do país – será que algum dia ela sairá desta posição? A média salarial de quem se forma no curso de Medicina no país é de aproximadamente R$ 8,5 mil;

2. Setores militar e de defesa: salário médio de R$ 7.695. Essa área tem o diferencial de que os funcionários públicos deste campo de atuação geralmente contam com adicionais e benefícios próprios da carreira, o que ajuda a melhorar o ganho salarial com o passar do tempo.

3. Engenharia de Transportes: salário médio de R$ 6.052.

4. Engenharia Química: salário médio de R$ 5.815.

5. Engenharia Civil: salário médio de R$ 5.768.

6. Engenharia Mecânica e Metalúrgica: salário médio de R$ 5.500.

7) Odontologia: salário médio de R$ 5.367.

8) Engenharia Elétrica e de Automação: salário médio de R$ 4.835.

9) Estatística: salário médio de R$ 4.780

10) Direito: salário médio de R$ 4.104.

Escolheu a sua profissão? Veja agora onde fazer o seu curso de graduação

Agora que você escolheu a profissão que vai lhe trazer um bom salário e também satisfação pessoal, chegou a hora de escolher a sua faculdade. Saiba que entre as instituições de ensino superior do País, a diferença de fazer Faculdade Estácio por apresentar alguns dos melhores cursos de graduação do mercado.

Você pode conferir pelo site da Estácio – ou em uma visita a um dos 70 câmpus que a faculdade tem – mais informações sobre o curso que você deseja fazer. Procure saber mais sobre a grade curricular do curso e pesquise sobre como são as aulas, a relação entre alunos e professores e a infraestrutura que a instituição oferece para o seu curso preferido.

Para facilitar o seu trabalho, resolvemos listar algumas das disciplinas que você vai cursar se optar por uma das profissões que pagam os melhores salários do País. Essas disciplinas fazem parte da grade curricular dos cursos oferecidos pela Estácio. Confira:

1. Medicina

Com duração de seis anos, o curso de Medicina da Estácio conta com disciplinas como Saúde da Família, Microbiologia Médica, Epidemiologia, Patologia, Parasitologia, Imunologia, Fisiopatologia, Psicologia Médica, Farmacologia Médica, Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Saúde da Mulher, Saúde Mental, entre outras.

2. Direito

Oferece disciplinas como Psicologia Aplicada ao Direito, História do Direito Brasileiro, Fundamentos das Ciências Sociais, Sociologia Jurídica, Redação Instrumental, Direito Civil, Economia Política, Ciência Política, Direito do Trabalho, Teoria Geral do Processo, Direito Constitucional, Direito Processual Civil e muitas outras. O tempo de duração é de cinco anos.

3. Engenharia Elétrica

Graduação com cinco anos de duração, o curso de Engenharia Elétrica da Estácio conta com disciplinas como Análise das Variações, Análise de Dados, Mecânica dos Sólidos, Circuitos Elétricos, Máquinas Elétricas, Eletrônica Industrial, Controle e Servomecanismo, Eletrônica Digital, Comunicações de Dados e Redes de Computadores, entre outras.

4. Odontologia

Nos quatro anos do curso, o estudante terá disciplinas como Clínica Odontológica Infantil I e II, Saúde Bucal e Sociedade, Prótese Dentária Removível, Ortodontia, Microbiologia Oral, Materiais Dentários, Anatomia de Cabeça e Pescoço, Anatomia Sistêmica, Ética na saúde, entre outras.

Você pode conferir todos os cursos de graduação oferecidos pela Estácio acessando este link.

Um dos diferenciais da Estácio é a sua política de parcelamento das mensalidades e o incentivo que a instituição de ensino dá para os estudantes através de diferentes modalidades de bolsas de estudo. Se é importante para você conseguir um incentivo financeiro para estudar, vale conferir o site da Estácio e ficar por dentro dos descontos que a instituição oferece nas matrículas de seus cursos, assim como saber mais sobre as bolsas de estudo disponíveis e sobre a política de financiamento da faculdade.